Consumidor Legal

Quando a oferta não corresponde à realidade

Comente este artigo

Preços diferentes dos informados, validade vencida e redução do produto sem tirar no preço são alguns dos problemas mais recorrentes que os consumidores encontram nas compras.

A simples ida ao supermercado, padaria ou farmácia requer atenção redobrada do consumidor para evitar cair em armadilhas. O olhar atento evita problemas para o bolso e mesmo para o estômago. A lista de surpresas inclui desde preços diferentes em relação aos informados nas gôndolas até produtos com prazos de validade vencidos.

As promoções do tipo “leve 2 e pague 1” e a redução da quantidade do produto sem diminuição do preço também causam susto no consumidor mais atento. No primeiro, o produto tem que ser gratuito, criando-se vantagem financeira para o consumidor que leva mais de um item para casa. No outro, a artimanha é usada para que não haja aumento do preço. Mas é preciso que o fabricante dê publicidade ao caso e diminua o valor. 

Com relação aos prazos de validade, é importante estar atento às “promoções”, pois estas acorrem, em geral, quando o produto ofertado está com prazo de validade quase expirando, ou seja, seu consumo vence em pouquíssimos dias. Isso significa que, se o consumidor comprar uma quantidade muito grande de um produto que vence em 2 dias mas que levará 10 dias para consumir toda a quantidade adquirida, perderá a maior parte do produto, ficando com um prejuízo que poderia ter sido evitado, caso se atentasse para a data de validade e se esta tivesse sido informada juntamente com o preço promocional do produto.

Importante que se faça o registro das reclamações e a divulgação, que são as formas de se alertar as autoridades competentes, levando-as a tomarem as atitudes cabíveis. 

Consumidor faça valer seus direitos! Fique atento!

Até o próximo encontro!

Andréa Sampaio
Lucianne Andréa Sampaio é advogada Especializada em Direito do Consumidor, Pós-Graduada em Direito Constitucional e atua no PROCON de Campo-Grande, MS.

Dê sua opinião, comente este artigo!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.