Paulo Henrique Almeida Miguel é advogado de um dos presos no envolvimento dos 100 kg de cocaína desaparecidos da delegacia de Aquidauana. / Imagem: Divulgação - Polícia Civil

Um homem de 24 anos foi preso pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na tarde de quarta-feira (19) na BR-262 em Dois Irmãos do Buriti. Paulo Henrique Almeida Miguel é advogado de um dos presos no envolvimento dos 100 kg de cocaína desaparecidos da delegacia de Aquidauana.

Conforme o Campo Grande News, Paulo conduzia uma caminhonete Fiat Toro e tinha como passageiros sua mãe e a namorada, quando foi dada ordem de para ao veículo próximo do km 439. Segundo relatado aos PRFs, ele seguia para Aquidauana para ter acesso ao inquérito policial de seu cliente, preso por envolvimento no desaparecimento da droga de dentro da delegacia de Aquidauana.

Matéria continua após a publicidade

Quanto ao veículo ele deu versões contraditórias sobre a procedência, uma delas que teria comprado de sua tia. Por esse motivo, os policiais fizeram buscas no automóvel e foi constatado que há adulterações no chassi, a placa original é outra cujo há registro de roubo no Rio de Janeiro.

Além do veículoUm homem de 24 anos foi preso pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) na tarde de quarta-feira (19) na BR-262 em Dois Irmãos do Buriti. Paulo Henrique Almeida Miguel é advogado de um dos presos no envolvimento dos 100 kg de cocaína desaparecidos da delegacia de Aquidauana.

Matéria continua após a publicidade

Conforme o Campo Grande News, Paulo conduzia uma caminhonete Fiat Toro e tinha como passageiros sua mãe e a namorada, quando foi dada ordem de para ao veículo próximo do km 439. Segundo relatado aos PRFs, ele seguia para Aquidauana para ter acesso ao inquérito policial de seu cliente, preso por envolvimento no desaparecimento da droga de dentro da delegacia de Aquidauana.

Quanto ao veículo ele deu versões contraditórias sobre a procedência, uma delas que teria comprado de sua tia. Por esse motivo, os policiais fizeram buscas no automóvel e foi constatado que há adulterações no chassi, a placa original é outra cujo há registro de roubo no Rio de Janeiro.

Além do veículo, foram apreendidos R$1,2 mil. Paulo segue preso por receptação e adulteração de veículo na Delegacia de Dois Irmão do Buriti.. Paulo segue preso por receptação e adulteração de veículo na Delegacia de Dois Irmão do Buriti.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos