Águia Negra e Aquidauanense decidem na tarde deste domingo, a partir das 15 horas, em Rio Brilhante, a final do Campeonato Estadual de Futebol de Mato Grosso do Sul. No jogo de ida na semana passada, em Aquidauana, o Águia venceu por 2 a 1 e, por este motivo, pode perder por até um gol de diferença que mesmo assim fica com o título. Ao Azulão, apenas a vitória por dois gols de diferença ou mais importa.

A tarefa do representante de Aquidauana é complicada. Na história da competição, os seis clubes que foram campeões na casa do adversário nunca precisaram reverter tamanha desvantagem. O único visitante que conseguiu vencer por mais de dois gols de diferença foi o Cene, em 2007, justamente contra o Águia Negra.

Matéria continua após a publicidade

Porém, como havia vencido o jogo de ida por 3 a 1, o Águia ainda ficou com título em razão da melhor campanha. Em caso de confirmação do título, o time Rio Brilhante se iguala ao Ubiratan de Dourados como maior campeão do interior, com três conquistas. Já o Aquidauanense tenta levantar este troféu pela primeira vez.

Se o Azulão fizer história nesta tarde, também quebrará um tabu. Nunca o campeão da Série B do ano anterior, foi campeão da elite em seu retorno. A decisão será comandada pelo árbitro Marcos Mateus Pereira que será auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz e Daiane Caroline Muniz. Edson Ribeiro será o 4º árbitro.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos