Aulas retornam na quinta e professores passam por formação continuada. / Imagem: PMC

Os 16.364 mil alunos da Rede Municipal de Ensino de Corumbá (REME) retornam às salas de aula nesta quinta-feira, 02 de agosto. O cronograma de aulas será rigorosamente seguido pela Secretaria Municipal de Educação visando cumprir os 200 dias letivos previstos pelo Ministério de Educação (MEC).

Nesta quarta-feira (01), das 07h às 11 horas, acontece a Formação Continuada, que será dividida em Polos. A Educação Infantil (Creche e Pré-escola) terá a formação na Escola Municipal Delcídio do Amaral. O Ensino Fundamental I (Séries Iniciais) terá a capacitação na Escola Municipal Barão do Rio Branco. Já a formação continuada do Fundamental II (Séries Finais) será na Escola Municipal Izabel Correa de Oliveira.

Matéria continua após a publicidade

Durante as formações será trabalhado o dia “D” de contribuição e discussão do Currículo da Educação Infantil e Ensino Fundamental de Mato Grosso do Sul. O objetivo é propor um momento voltado para a discussão e contribuição da versão preliminar do Currículo de Mato Grosso do Sul, em todas as escolas das redes estadual, municipal e estabelecimentos privados de ensino, a fim de garantir um espaço de debate entre os grupos. 

O secretário Municipal de Educação, Genilson Canavarro de Abreu, destacou a importância da Formação Continuada dos professores como um processo permanente de aperfeiçoamento dos saberes necessários à atividade docente. “Proporcionar esse momento de discussão do Currículo é muito importante para nossa rede, pois o currículo será fruto de uma construção coletiva, que ainda está recebendo novas contribuições até chegar a sua versão final”, disse.

A proposta é uma das etapas de construção do currículo escolar estadual e municipal. Visa a implementação da Base Nacional Curricular (BNCC), processo que Mato Grosso do Sul foi o primeiro estado a dar início. Feito a partir da Base Nacional Curricular, ele foi construído com ampla participação, contemplando o uso de tecnologia, busca de conhecimento e especificidades do Estado. A construção do Currículo de Mato Grosso do Sul contou com 12 coordenadores regionais e 22 redatores, teve a participação da Federação dos Trabalhadores em Educação (Fetems) e a adesão dos 79 municípios.  

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos