A placa da motocicleta havia sido adulterada com uma fita adesiva / Imagem: Divulgação/PM

Equipe de patrulha comunitária PM foi acionada para deslocar até a fronteira entre Brasil/Bolívia na atarde de ontem (8). Policiais da DIPROVE (Dirección de Prevención de Robo de Vehículos de Puerto Suarez), informaram que no pedágio da fronteira, foi avistado um indivíduo em atitude suspeita em uma motocicleta.

Diante da suspeita foi realizada a abordagem ao indivíduo e constatada após revista, que a placa da motocicleta havia sido adulterada com uma fita adesiva, artifício utilizado para ludibriar a fiscalização, dificultando o reconhecimento.

Matéria continua após a publicidade

A equipe da DIPROVE, acionou a central 190 de Corumbá, que por sua vez realizou a checagem junto ao Sistema Integrado de Gestão Operacional (SIGO) constatando que se tratava de um veículo roubado no dia 04/05/18 na cidade de Campo Grande.

Já com o indivíduo detido e com a moto recuperada, a guarnição da patrulha comunitáriase  deslocou até a delegacia de polícia em Corumbá, onde o autor (18) foi indagado pelo fato, e explicou que recebeu uma ligação de um outro indivíduo pedindo para que o mesmo levasse a motocicleta até a Bolívia e que receberia uma quantia de R$500,00 reais pela travessia.

Segundo o autor, ele pegou a moto no bairro Moreninhas na segunda–feira (07) por volta das 22 horas e que depois seguiu direto para Corumbá e logo após Bolívia. Ainda de acordo com ele, precisava de dinheiro por isso aceitou a proposta, e que assim que atravessasse o veículo era para entrar em contato com o indivíduo que solicitou que levasse a moto. 

Matéria continua após a publicidade

O autor, bem como a motocicleta, permaneceram na delegacia de polícia aguardando as devidas providências.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos