Na sequência: Deputada Federal Bia Cavassa (PSDB), o ex-Prefeito e ex-Deputado Estadual Paulo Duarte (MDB) e o Vereador Dr. Gabriel (MDB). / Imagem: Divulgação / Facebook

O Correio da Manhã fez uma análise política neste primeiro levantamento do cenário eleitoral realizada na Capital do Pantanal

Dados levantados pelo Instituto IPR para avaliar a administração pública do município de Corumbá e fazer um censo político para as eleições de 2020 foram divulgados noite de ontem (15) primeiramente no site “O Estado Online”.

Matéria continua após a publicidade

O Correio da Manhã teve acesso à íntegra da pesquisa realizada pelo Instituto IPR entre os dias 07 e 08 de Agosto na Cidade Branca, e fez uma análise política detalhada e exclusiva de todos os cenários referentes à disputa - e não apenas o único cenário que foi exibido na data de ontem, no referido site.

Os resultados apontam derrota do atual prefeito Marcelo Iunes (PSDB) em todos os cenários estimulados apresentados pela pesquisa.

Vamos à eles:

Matéria continua após a publicidade

Espontânea


Na modalidade “espontânea”, as perguntas são realizadas sem apresentar nenhum candidato ou candidata em específico - assim, o eleitor ou eleitora revelam o primeiro nome do eventual político ou política que vêm à cabeça. Nesta modalidade de pergunta, é muito comum que os players que estejam no jogo, na mídia (ou que tenham trabalho relevante na área) tenham maior evidência. Também é comum que muitos nomes apareçam nessa modalidade, seja para manifestar o desejo de voto real, seja para manifestar um voto de protesto.

Nesta modalidade de pergunta, é muito comum que os players que estejam no jogo, na mídia (ou que tenham trabalho relevante na área) tenham maior evidência. Também é comum que muitos nomes apareçam nessa modalidade, seja para manifestar o desejo de voto real, seja para manifestar um voto de protesto. Esse é o único cenário em que o atual Prefeito de Corumbá, Marcelo Aguilar Iunes (PSDB) aparece em primeiro lugar, seguido do ex-prefeito Paulo Duarte (MDB) e na sequência, a Deputada Federal Bia Cavassa (PSDB) e em quarto lugar, o Vereador Dr. Gabriel (MDB). Elano (PSL) aparece em quinto lugar nesta pesquisa.

Dois detalhes a considerar em nossa análise nesta modalidade:

A Deputada Federal Bia Cavassa até o momento dessa pesquisa não tem demonstrado que será candidata ao Executivo Municipal de Corumbá em 2020 e no momento também compõe o mesmo partido de Marcelo Iunes (PSDB). Bia Cavassa também não disputou forças com Marcelo para a disputa do controle do partido na Convenção Municipal do PSDB este ano - então essa pode ser uma das principais razões pelas quais seu nome não apareça como eventual candidata para os eleitores contra Marcelo, daí seu baixo resultado na modalidade espontânea.

De igual forma, Dr. Gabriel também vem apresentando seu trabalho com ações focadas no Legislativo e até o presente momento não se manifestou acerca da sua vontade em candidatar-se ao cargo do Executivo Municipal. Logo isso também explicaria sua baixa citação na espontânea e sua alta aceitação em outra modalidade, a “estimulada”.

Uma curiosidade: o nome “Ruiter”, referente à Ruiter Cunha de Oliveira, finado ex-prefeito de Corumbá ( Marcelo Iunes, seu vice, assumiu sua cadeira em 01 de Novembro de 2017 ) aparece na memória e no desejo de 0,25% dos eleitores, mesmo morto - uma prova da popularidade do único prefeito de Corumbá que conseguiu a façanha de vencer três pleitos ao Executivo Municipal na Cidade Branca.

CENÁRIOS

Na modalidade “Estimulada” - onde o entrevistador apresenta uma sequência de nomes pré-definidos pelo Instituto - começamos a visualizar uma série de possibilidades referente ao futuro político de Corumbá, mas como observado por esta análise do Correio, em nenhum dos cenários apresentados atualmente pelo Instituto IPR o atual prefeito Marcelo Iunes vence seus adversários.

ESTIMULADA 01: PAULO DUARTE VENCE MARCELO IUNES

Como dissemos anteriormente, a Deputada Bia Cavassa e o Dr. Gabriel não se apresentaram até o momento como possíveis candidatos ao Executivo Municipal de Corumbá, gerando dúvidas e incertezas na cabeça do eleitor. Porém ambos conseguem quantidades expressivas de votos, mesmo não estando a frente de ações vultuosas como as realizadas pela Prefeitura no momento, através de convênios com o Governo de Estado e do FONPLATA - um alerta para o prefeito atual. Em números, Bia Cavassa estaria empatada com Marcelo Iunes e Gabriel viria na sequência, empatado tecnicamente com ambos ( 5 pontos para mais ou para menos, a margem de erro da pesquisa ).

Toda essa incerteza de certa forma acaba favorecendo o cenário para o ex-prefeito Paulo Duarte, que vem mostrando seu interesse em manter suas bases eleitorais na região desde a sua derrota para Ruiter Cunha nas eleições de 2016. Essa seria uma das razões pelas quais Paulo lidera este primeiro cenário na modalidade estimulada. Paulo Duarte até então é o único prefeito da história de Corumbá que não conseguiu reeleger-se desde 1997, ano em que as reeleições foram autorizadas novamente no Brasil.

Elano (PSL) - o quarto candidato desta disputa - apresenta a mesma média das intenções de voto das suas últimas eleições - mostrando que mesmo estando colado no partido do Presidente Jair Messias Bolsonaro e tendo uma vasta experiência em sucessivas disputas eleitorais, ainda não mostra-se até o momento (e de acordo com esta pesquisa) um candidato com chances de vitória para o pleito de 2020.

ESTIMULADA 02: BIA CAVASSA VENCE MARCELO IUNES E ELANO

Embora empatados tecnicamente neste cenário envolvendo apenas três players: Bia, Marcelo e Elano (sem Dr. Gabriel), Bia Cavassa venceria a disputa contra Marcelo Iunes. Cenário ruim para a atual administração, tendo em vista que nem toda a movimentação realizada pela Prefeitura nos últimos meses com seus parceiros foi o suficiente para dar uma boa margem de folga e segurança para o Executivo atual.

ESTIMULADA 03: PAULO DUARTE VENCE MARCELO IUNES E ELANO

Nesse cenário sem a Deputada Federal Bia Cavassa e Dr. Gabriel, Paulo Duarte venceria facilmente Marcelo Iunes. Elano mantem sempre a mesma média do cenário anterior.

ESTIMULADA 04: DR. GABRIEL VENCE MARCELO IUNES E ELANO

Embora empatados tecnicamente, neste cenário sem Bia Cavassa e Paulo Duarte, Dr. Gabriel venceria o atual prefeito Marcelo Iunes. Nada mal para um vereador de primeiro mandato e sem nenhuma influência sobre as obras realizadas em convênio com o FONPLATA ou em parceria com o Governo do Estado. A média eleitoral de Elano permanece-se inalterada.

ESTIMULADA 05: BIA CAVASSA VENCE DR. GABRIEL E MARCELO IUNES

Neste cenário sem Elano e sem Paulo Duarte, Bia Cavassa venceria Dr. Gabriel - que ficaria em segundo lugar - e em último, o atual Prefeito Marcelo Iunes. Bia Cavassa é a sucessora política natural do seu finado marido, Ruiter Cunha de Oliveira e autora de diversos programas e projetos sociais em Corumbá. Embora tenha conquistado uma cadeira na Câmara Federal e esteja realizando o sonho dos corumbaenses e ladarenses após um hiato de mais de 30 anos sem representatividade federal, ela é suplente - podendo perder sua candidatura a qualquer momento, dependendo do andar do jogo. Pelo observado nesse cenário, a população compreende sua situação e aceitaria sua candidatura ao Executivo sem problemas.

ESTIMULADA 06: PAULO DUARTE VENCE BIA CAVASSA E DR. GABRIEL

Em um cenário sem Elano e sem Marcelo Iunes e com Paulo Duarte e Dr. Gabriel brigando entre si (eles compõe o mesmo partido e mostram-se aliados fiéis até o momento), Paulo Duarte venceria Bia Cavassa e deixaria Dr. Gabriel em último lugar. A explicação mais racional para esse cenário é que Dr. Gabriel e Bia Cavassa acabariam canibalizando um ao outro, pois disputam a mesma preferência eleitoral, deixando Paulo Duarte com uma pequena vantagem. Mas dentro da margem de erro da pesquisa (5 pontos para mais ou para menos) esse resultado também poderia ser o contrário.

ESTIMULADA 07: BIA CAVASSA VENCE DR. GABRIEL E ELANO

Nesse cenário onde Marcelo Iunes e Paulo Duarte não entram na disputa, Bia Cavassa também vence o vereador mais votado de Corumbá em 2016: Dr. Gabriel. Elano continua na média dos cenários anteriores.

REJEIÇÃO, O CALCANHAR DE AQUILES DOS POLÍTICOS

A Rejeição é a modalidade onde o entrevistador pergunta aos entrevistados qual seria o candidato ou a candidata que o eleitor ou eleitora não votaria de jeito nenhum: ou seja, o político não conta com esse voto em sua campanha, porque nada do que ele faça irá mudar sua intenção de voto naquele momento, pois sua imagem negativa já está construída.

Lideram a rejeição o atual prefeito Marcelo Iunes (16,42%) , seguido por Paulo Duarte (14,95%). Elano e Bia estão empatados (4,90% e 4,66% respectivamente), Dr. Gabriel possui o menor índice de rejeição apresentado nesta pesquisa: 0,74%.

As eleições mostram que a maioria dos candidatos vencedores são aqueles que apresentaram menores índices de rejeição em relação aos seus concorrentes - porque o esforço para conquistar o voto dos eleitores é bem menor, havendo mais empatia e receptividade com o público-alvo.

Atual Prefeito de Corumbá, Marcelo Aguilar Iunes / Imagem: Divulgação / Facebook

CONCLUSÃO

Em 08 cenários hipotéticos, Bia Cavassa vence três disputas com seus adversários, Paulo Duarte também vence três disputas e Dr. Gabriel vence uma disputa. Todos eles vencem Marcelo Iunes. Marcelo Iunes vence apenas na espontânea, quando o eleitor fala o primeiro nome que vem à sua cabeça, sem pensar em outros candidatos - e só.

Provavelmente a luz vermelha já acendeu no atual Executivo Municipal, desenhando um cenário muito parecido ao que vislumbramos nas eleições de 2016.

Caso Dr. Gabriel e Bia Cavassa despontarem-se como pré-candidatos reais nos próximos meses, é bem provável que esses resultados mudem muito rapidamente, em pouco tempo. Por outro lado, ainda que Paulo Duarte tenha sido derrotado em duas eleições consecutivas (2016 para Prefeito e 2018 para Deputado Estadual), existe ainda uma visível predisposição do voto em sua figura para seu retorno ao Executivo Municipal, provavelmente por ser a única opção atual contra Marcelo Iunes - tendo em vista a incerteza política atual dos players Dr. Gabriel e Bia Cavassa.

Mais uma vez ressaltamos que essa é a livre análise política do Jornal Correio da Manhã, baseado nos dados apresentados pelo Instituto IPR - e podem não representar ou coincidir com outras análises e interpretações.

Elano (PSL), player já conhecido pelos eleitores corumbaenses em várias eleições. / Imagem: Divulgação / Facebook

PESQUISA

O Correio da Manhã lembra aos leitores que uma pesquisa é uma “fotografia” do cenário político de uma determinada região - em um determinado período de tempo - existindo muitas variáveis envolvidas e que pela natureza dinâmica da Política, podem alterar-se a qualquer momento.

De acordo com o Instituto IPR, essa é a primeira pesquisa deles realizada em Corumbá com esse quadro, não havendo assim como aferir a evolução dos índices tanto das intenções de voto quanto do desempenho da administração. A pesquisa, realizada com 403 eleitores, tem margem de erro de 5% e nível de confiança de 95%.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos