Na noite da última segunda-feira (19), no município de San Julián, na Bolívia, uma multidão linchou um cidadão de nacionalidade brasileira na praça principal. O brasileiro foi capturado quando tentou cobrar uma suposta dívida de um habitante da área. A situação ficou fora de controle na ausência da polícia.

Os relatórios locais registraram que o cidadão brasileiro chegou até o bairro 15 de abril, para realizar uma cobrança de uma dívida, e diante dos gritos de pedido de ajuda do suposto devedor, os vizinhos o capturaram.

Matéria continua após a publicidade

"Eram dois brasileiros, um foi capturado por vizinhos e o outro conseguiu escapar em uma van. O capturado alegava que estava realizando a cobrança de uma dívida. No entanto, sua defesa não convenceu as pessoas que o torturaram à meia-noite e o enforcaram na praça principal ", disse uma testemunha que evitou sua identificação.

O corpo do brasileiro foi removido de San Julián pela Polícia de Cuatro Cañadas e transferido para o necrotério judicial da Pampa de la Isla.

O município de San Julian não tem polícia. No ano passado, a polícia e os procuradores deixaram a cidade depois que uma multidão linchou uma pessoa acusada de assassinato em meio a ataques contra soldados.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos