Uma briga entre vizinhas, no Jardim Colúmbia, em Campo Grande, foi parar na delegacia neste domingo (6). Segundo o registro policial, a testemunha informou que a moradora, de 43 anos, varreu a casa dela e também estendeu até a área comum do condomínio, atingindo a casa da vizinha, de 57 anos.

Em seguida, esta pegou uma enxada e começou a jogar terra na área limpa. Elas então começaram a briga e, ainda conforme a testemunha, o convívio é extremamente díficil, já que "qualquer atitude é motivo para provocações e ofensas".

Matéria continua após a publicidade

Após denúncia da delegacia, uma das moradoras esteve no local e confirmou que ambas discutiram, sendo que ela revidou jogando terra porque "o barulho incomodou e ela não quer mais a vizinha varrendo na sua porta". A mulher ainda ressaltou que as brigas já ocorreram em outras ocasiões.

O delegado Leandro Lacerda, plantonista da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro, disse que o caso será encaminhado para a unidade especializada. "Elas devem prestar depoimento, ou na delegacia ou então possivelmente em alguma audiência de conciliação. Infelizmente, um motivo banal as levou para delegacia, algo que poderia ser resolvido facilmente, se as pessoas tivesse mais paciência", lamentou.

O caso foi registrado como perturbação da tranquilidade. A pena é de 15 dias a dois meses de prisão ou multa.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos