Vários locais de Mato Grosso do Sul continuam com temperaturas máximas entre 35°C e 39°C. / Imagem: Três Lagoas/ClimaTempo

A última semana da primavera vai continuar com calor extremo em Mato Grosso do Sul. O fim de semana foi muito quente, com temperaturas que passaram dos 37°C e valores semelhantes devem se repetir nos próximos dias. 

Três Lagoas registrou 37,8°C e Água Clara 36,8°C na tarde do último domingo (16), segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). As duas cidades ficaram entre as dez mais quentes do Brasil ao lado de municípios de São Paulo e do Rio de Janeiro.  O calor intenso gerou algumas pancadas de chuva de forte intensidade sobre o estado durante o fim de semana. 

Matéria continua após a publicidade

Mais calor nos próximos dias 

O sol continua forte sobre o estado e vai ser mais uma semana muito quente. O aquecimento intenso ajuda a formar nuvens carregadas durante à tarde e noite e há risco de pancadas de chuva de forte intensidade. A chuva cai em pequenas áreas e será de curta duração.  

Nesta terça-feira (18), municípios mais ao norte e oeste de Mato Grosso do Sul, incluindo a região de Corumbá, não deverão ter chuva. A atuação de um vórtice ciclônico em altos níveis da atmosfera, o VCAN, vai reduzir a possibilidade de chuva. Outras áreas do estado, inclusive Campo Grande, ainda terão chance de pancadas de chuva com raios. 

Matéria continua após a publicidade

Vários locais de Mato Grosso do Sul continuam com temperaturas máximas entre 35°C e 39°C e não dá para descartar a possibilidade de um novo recorde de calor em Mato Grosso do Sul. 

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos