De acordo com o vereador Evander Vendramini, sua preocupação passa diretamente pelo estacionamento, um componente considerado fundamental para a política de mobilidade, refletindo diretamente na acessibilidade, beneficiando a população corumbaense.

Dias atrás, Evander, por meio de requerimento, solicitou à Prefeitura, estudos no sentido de criar e implementar um plano de gestão de estacionamento na área central. A preocupação inicial foi pelo fato de que, na região, não há sinalização, vertical ou horizontal, delimitando vagas para estacionamento de carros e motos.

Matéria continua após a publicidade

O vereador reforçou essa necessidade durante sessão da Câmara, salientando que é preciso pensar também nos ciclistas. Ele sugeriu ao prefeito Marcelo Iunes, a implantação de bicicletários no eixo central, para atender essa camada da população, que tem na bicicleta, o seu meio de transporte para se dirigir ao trabalho, principalmente.

“São trabalhadores que precisam de uma atenção especial, um local para estacionar suas bicicletas, enquanto trabalham. Por isso mesmo estamos solicitando a instalação de bicicletários, locais onde os ciclistas poderiam deixar seus meios de locomoção, com segurança”, afirmou.

Evander lembrou ainda que “o uso da bicicleta como meio de transporte, é uma forma sustentável e saudável de locomoção, bastante utilizado em nossa cidade. Isso influencia diretamente na melhoria da qualidade de vida de quem utiliza esse meio de transporte, reflete na melhoria da mobilidade urbana, além de beneficiar o meio ambiente, e propiciar maior segurança para os ciclistas”.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos