Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo acontece de 06 a 31 de agosto, em Corumbá. A imunização é voltada para crianças menores de 5 anos de idade. O Dia D será realizado no sábado, 18 de agosto.  As duas vacinas são oferecidas rotineiramente pela rede municipal de saúde.

Gerente de Vigilância em Saúde, Viviane Ametlla, chamou atenção para a situação do sarampo no país. “O Brasil está em situação preocupante com relação ao sarampo. O Ministério da Saúde confirmou a existência da doença em seis estados. Precisamos fortalecer a imunização, no sentido de prevenir para evitarmos o surgimento da doença. Nossa preocupação é que pelo fato de sermos um município de fronteira onde há grande fluxo de circulação de pessoas”. O Ministério da Saúde confirmou um total de 677 casos em seis estados: Amazonas, Roraima, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Rondônia. 

Matéria continua após a publicidade

Viviane reforçou que vacinas contra sarampo e poliomielite (paralisia infantil) são disponibilizadas no cotidiano da rede pública. Ela ainda alertou para a necessidade dos pais levarem os filhos para vacinar. “A vacina contra o sarampo [e também contra a poliomielite] está disponível na rede municipal de saúde em sua rotina. Queremos chamar atenção dos pais para que procurem os postos de saúde mais próximo de casa para vacinar as crianças”, disse.

“Em agosto o Ministério da Saúde lança uma campanha nacional. Aqui no Estado serão imunizadas crianças de até 5 anos de idade contra sarampo e no mesmo período teremos vacinação contra a poliomielite”, disse a gerente de Vigilância em Saúde da Prefeitura de Corumbá. 

Viviane informou que nos estados onde há surto de sarampo a campanha será estendida para adultos, o que não é o caso de Corumbá ou Mato Grosso do Sul. Ela disse que o adulto em dúvida deve procurar uma unidade de saúde, munido do cartão de vacina, para saber já foi imunizado contra o sarampo. “Se já tomou a vacina não precisa”, informou.

Matéria continua após a publicidade

De acordo com a gerente de Vigilância em Saúde, habitualmente 12 postos funcionam com salas de vacinação, mas por conta do período de férias de vacinadores, neste mês de julho, o serviço está sendo disponibilizado em oito unidades.   As salas de vacina funcionam das 07h30 às 10h30 e das 13h30 às 16h30.

“Atualmente temos vacinadoras em férias. Em função disso, temos uma redução nas salas de vacinação em funcionamento. No final de julho tudo se normaliza. Os postos funcionando são o Humberto Pereira; Dom Bosco, Gastão de Oliveira, Cristo Redentor, Kadwéus, Nova Corumbá e Breno de Medeiros. As vacinadoras estão em férias nas unidades da Popular velha, Beira Rio, Ênio Cunha e Pedro Paulo”, disse. “Na unidade do Gastão de Oliveira, as terças e quintas-feiras oferecemos a vacina a noite também. Quem está impossibilitado de levar o filho durante o dia pode fazer isso no horário noturno”, complementou.

O Sarampo

Coordenadora de urgência e emergência da rede municipal de saúde, Letícia Schutz Pereira, disse que os pais devem ficar atentos aos sintomas e que devem procurar um médico. “O sarampo é uma doença contagiosa, febril e que começa a se manifestar depois de até 14 de incubação. A pessoa tem o contato com vírus por secreção de mucosa, quem está espirrando tossindo. Os sintomas são abrangentes e pode passar como uma situação de gripe. A criança vai ter coriza, febre alta, pode ter dor muscular, pode apresentar conjuntivite e depois de uma semana, ou até antes, começam a aparecer as manchas vermelhas da cabeça em direção ao pé. É um tipo só de sarampo. Os pais devem procurar posto de saúde ao observar os sintomas. A criança deve estar bem hidratada, passar por avaliação médica para ser medicada para controlar os sintomas. Não pode haver desespero”, completou.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos