O Canal Futura está percorrendo o Brasil para a gravação de instituições com iniciativas que desenvolvem trabalhos nas áreas sociais, culturais e educacionais.

O Moinho Cultural esta com uma rotina bem diferente essa semana. No período de 15 a 17 de agosto, recebe a equipe de filmagem, produção e roteiro do Canal Futura, que está percorrendo o Brasil para a gravação de instituições com iniciativas que desenvolvem trabalhos nas áreas sociais, culturais e educacionais, sendo instituições transformadoras para a gravação de uma série que vai compor um documentário chamado “Recortes do Brasil”.

Essas instituições são apoiadas pelo Itaú Social que é parceira do Canal Futura. O especialista em cinema e audiovisual relatou suas impressões a cerca da instituição.

Matéria continua após a publicidade

“Pelo que eu conheci, sendo ainda o primeiro dia, mas também pelas pesquisas que realizei e pela entrevista com a diretora executiva da instituição, fiquei encantado. A paixão por esse lugar, se vê em seu olhar, que todo trabalho envolve uma missão, muito além de apenas ensinar música e a dança. A questão fronteiriça, o respeito ao próximo, entre tantos outros fatores que abrange algo muito maior. Para mim está sendo incrível e muito satisfatório”, aponta Yuri Cruvinel.

Para a fundadora e diretora executiva Marcia Rolon, esse momento é de reconhecimento.

“Ser reconhecido entre outras 06 instituições do Brasil para fazer parte dessa série do Canal Futura, mostra que Corumbá, Mato Grosso do Sul, a fronteira, esta sendo vista pelo bom trabalho que o Moinho Cultural esta realizando, principalmente quando estamos completando 15 anos de muito trabalho e dedicação. Então nos 15 anos, obter esse reconhecimento que vai ao ar no mês de outubro, é importante e muito gratificante”, disse Marcia.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos