Rio Paraguai / Imagem: Correio Da Manhã

O estado de Mato Grosso do Sul foi uma das áreas do Brasil onde mais choveu neste início de semana. Fortes áreas de instabilidade passaram sobre o estado provocando muita chuva e também fortes rajadas de vento.

Entre 8 horas do domingo, 16, e 8 horas desta segunda-feira, 17 de setembro (hora de Brasília), o Instituto Nacional de Meteorologia registrou mais de 40 mm acumulados em diversas regiões do estado.

Matéria continua após a publicidade

Estas áreas de instabilidade persistem por quase todo o estado no decorrer desta segunda-feira e as áreas do centro-norte e leste de Mato Grosso do Sul ainda estão sujeitas a chuva forte. A capital, Campo Grande, ainda amanheceu debaixo de chuva e trovoadas. Mas no sul do estado, a nebulosidade já estava diminuindo e a chuva caía fraca no começo da manhã. A previsão é de que esta região do estado já tenha períodos com sol no decorrer da tarde. 

A semana será com muitas pancadas de chuva em todo o Centro-Oeste. O risco de mais temporais nesta segunda-feira,17, é alto não só para o Mato Grosso do Sul, mas também em Mato Grosso e até em Goiás.  As áreas com maior chance de tempestades, com chuva forte, vento forte e até granizo são o centro-norte e leste de Mato Grosso do Sul, incluindo Campo Grande.

Confira alguns volumes de chuva registrados pelo INMET entre 8 horas de 16/9/18 e 8 horas de 17/9/18.

Matéria continua após a publicidade

62,4 mm em Água Clara

50,6 mm em Porto Murtinho

46,6 mm em Bela Vista

44,0 mm em Dourados

40,0 mm em Três Lagoas

Rajadas de vento

Várias rajadas de vento entre 60 km/h e 70 km;h foram observadas em Mato Grosso do Sul pelo INMET, entre 8 horas de 16/9/18 e 8 horas de 17/9/18. A mais intensa foi de 66 km/h em Bataguassu. Costa Rica teve rajada de 63 km/h e Água Clara de 62 km/h.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos