A cidade de Vicentina, interior do MS, terá neste sábado (13) o primeiro casamento gay em uma religião cristã. Alessandro de Lucca e Elias de Lucca, já casados no civil, dirão "sim" em cerimônia a ser realizada pela Igreja Humanidade Livre.

O ato terá troca de alianças, demais ritos de um matrimônio e a bênção do religioso Roberto Francisco Daniel, fundador da igreja Humanidade Livre. Recentemente o casal fez sessão de imagens de de pré-wedding (pré-casamento) e chamou atenção nas redes sociais.

Matéria continua após a publicidade

A Igreja Humanidade Livre foi criada pelo Padre Beto, como é conhecido, em 2015, após ser excomungado pelo Vaticano. Ele atuava na Diocese de Bauru (SP) e se envolveu em polêmica após divulgar vídeos onde defende temas como a união entre homossexuais, fidelidade e necessidade de mudanças na estrutura da Igreja Católica. Ele foi excomungado após negar retratar-se pelos vídeos divulgados.

Em sua página na internet, o padre diz que a igreja não tem doutrina e que "segue somente a Jesus Cristo como paradigma, como exemplo de vida e reflexão, e os dois mandamentos que ele nos deixou: amar a Deus e amar ao próximo como queremos ser amados".

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos