A Procuradoria Regional Eleitoral divulgou no fim da tarde de onte - quinta-feira (23), que fez pedidos de impugnação de 16 candidaturas de políticos que querem participar da corrida eleitoral em Mato Grosso do Sul.

Entre os pedidos que serão analisados e julgados pelo TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) estão candidaturas de deputados estaduais, federais e até senador. Segundo a procuradoria, entre os motivos que levaram às denúncias estão o fato dos candidatos serem considerados ficha suja.

Matéria continua após a publicidade

O procurador regional eleitoral Marcos Nassar diz que a atuação da Procuradoria Regional Eleitoral não se esgota com o prazo para o ajuizamento das ações de impugnação de registro de candidatura.

Ainda segundo a procuradoria, irregularidades que podem ser sanadas pelo candidato com apresentação de documentos serão abordadas por parecer no próprio registro da candidatura. Se o candidato não providenciar a correção necessária, terá seu registro indeferido pela Justiça Eleitoral.

Confira abaixo a lista das candidaturas que podem ser impugnadas, primeiro por infração à Lei da Ficha Limpa e depois por outras causas:

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos