A cidade capital do pantanal, Corumbá, coroou na noite da quinta-feira (08), a Corte de Momo do carnaval 2018. Renato Junior (Rei Momo), Elenina da Silva (Rainha), Raiane de Paula (Primeira Princesa) e Thalia Araújo (Segunda Princesa) receberam as honrarias ás 21h00, no centro do ginásio do Corumbaense Futebol Clube.

Agraciados pelo Prefeito Marcelo Iunes acompanhado da primeira-dama Amanda Balancieri Iunes e pelo secretário da Fundação da Cultura e de Patrimônio Histórico de Corumbá, Luiz Cambará, a Corte oficializou a abertura do Carnaval deste ano na cidade branca, e ainda reiterou o compromisso do município em garantir uma festividade segura e agradável para todos os foliões.

Matéria continua após a publicidade

Importante ressaltar que a Secretária de Saúde, através de seus agentes espalhados no estádio, distribuiu preservativos no local e panfletos explicativos, além da presença dos bonecos do Mosquito da Dengue que alertaram a população com o dever higiênico de manter a cidade limpa durante as festividades.  

Que tenhamos um carnaval de paz, de muita alegria e descontração! Hoje oficializamos a abertura do Carnaval 2018 em Corumbá e desejamos uma folia sem brigas, com segurança e preocupação com o meio-ambiente!

Matéria continua após a publicidade

Renan Júnior, Rei Momo 2018

Antes da Coroação, o público desfrutou de um excelente show da cantora Juci Ibanez e das performances da comediante "Maria Quitéria".


 

Além da coroação da Corte de Momo e do arrastão do bloco de sujo Chupeta que descia a avenida Frei Mariano durante a cerimônia, a quinta-feira de Carnaval em Corumbá também teve espaço para o tradicional Desfile de Fantasias. Neste ano que comemora sua 37ª edição, 21 fantasias concorreram em quatro categorias aos prêmios em dinheiro oferecidos pela Prefeitura ( Primeiros colocados: R$ 2.500, Segundos colocados: R$ 1.500 e 3º colocados: R$ 1.000).

Cada apresentação teve 5 minutos de performance para o público e os jurados. Divididos em quatro categorias (Originalidade, Luxo Masculino, Luxo Femino e Luxo Especial), os concorrentes levaram o público ao ápice da animação, com fantasias bem elaboradas e performances diversa: trouxeram desde a tradição indígena sul-matogrossense aos mitos greco-romanos do Rei Midas ao som da ópera Carmina Burana, o burlesco da famosa personagem Elvira do cinema gótico dos anos 80, a loucura dos sanatórios, o cangaço nordestino da mulher, dentre outras caracterizações que preencheram o olhar e entreteram a platéia que aiu satisfeita. Nem os defeitos no carro alegórico de Márcia Lins (Elvira) que geraram um pequeno atraso no desfile, retiraram o brilho da festa que se prolongou até as primeiras horas da sexta-feira de Carnaval. 

Na colocação final, ficaram os primeiros lugares com 1ºLugar: Enir Amarilha e sua fantasia “O amor no cangaço” (Categoria Originalidade); Rebeca D’Albinie e sua fantasia “Ka’a: a lenda imperial da erva-mate” (Categoria Luxo Feminino); Rafael Jiro Ferraz Higuchi e sua fantasia “Mapogo e sua frente de coalizão” (Luxo masculino) e Claudinho Tasso com sua fantasia “Zípora, a guardiã dos segredos das feras” (Luxo especial). Ainda houveram apresentações "Hors Concours", quando todos são vencedores por unanimidade: Fernanda Vanucci com a fantasia “Sob o céu de estrelas, a sorte da Mocidade”, Adão Barboza com a fantasia “O guardião da flor de Xaraés” e Valdir Gomes com a fantasia “Sua majestade, o Imperador”.

 

 

Vencedora na categoria "Origanilidade":

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos