A Polícia Civil e a perícia realizaram os procedimentos para dar início a investigação da causa da morte e tentar identificar a vítima / Imagem: Patrulha News

O corpo que foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros de Três Lagoas neste domingo (29) é do sexo masculino e apresenta duas perfurações na região do tórax, mas ainda não é possível afirmar se os ferimentos foram causados por algum tipo de arma.

Devido ao estado de decomposição do cadáver, a vítima – que estava vestida com uma bermuda jeans e com um cinto de couro preto - ainda não foi identificada. Em um dos bolsos da bermuda da vítima, foram encontrados R$ 214,00 e nenhuma identificação

Matéria continua após a publicidade

A Polícia Civil e a perícia realizaram os procedimentos para dar início a investigação da causa da morte e tentar identificar a vítima.

De acordo com  o site Patrulha News, os bombeiros com o bote de resgate, embarcou os policiais e a equipe da perícia e levou em um balneário até o local onde o corpo foi encontrado. O trajeto era de cerca de 40 minutos pelo rio.

O corpo foi levado para ao Instituto Médico Odontológico Legal (IMOL).

Matéria continua após a publicidade

Caso

Na manhã deste domingo (29) por volta das 10h45 o Corpo de Bombeiros de Três Lagoas recebeu um chamado com a informação de que um corpo estava boiando as margens do Rio Sucuriu em uma propriedade rural há mais de 65 quilômetros. Pescadores viram o cadáver boiando as margens do rio, em uma fazenda.

Logo após o chamado, militares acionaram  a Polícia Civil e a perícia para resgatar o corpo.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos