O ente federado adere ao Sinapir, terá cinco anos para criar um plano municipal ou estadual de promoção da igualdade racial e destacar um orçamento para executá-lo / Imagem: Pinterest/Corumbá-MS

Apenas 4 município de Mato grosso do Sul, aderiram ao Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir). A baixa procura pelo sistema criado para articular políticas e vencer as desigualdades raciais é tendência nacional. De acordo com a Agência Brasil, dos 5.570 municípios brasileiros, apenas 67 participam.

Conforme balanço do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, os municípios participantes do Sinapir em MS são: Corumbá, Bataguassu, Pedro Gomes e Campo Grande.
Os três primeiros fizeram adesão no ano de 2015. A Capital participa desde junho de 2018.

Matéria continua após a publicidade

Ainda segundo a Agência Brasil, a adesão ao sistema é voluntária e a partir do momento em que o ente federado adere ao Sinapir, terá cinco anos para criar um plano municipal ou estadual de promoção da igualdade racial e destacar um orçamento para executá-lo. Dos 26 Estados, 19 participam do sistema.

Os entes federados têm a preferência no repasse de recursos financeiros federais, o que é feito por meio de edital. Conforme o relatório, Mato Grosso do Sul tem gestão intermediária, com plano elaborado e gestão no Orçamento. O Sinapir é uma das medidas previstas no Estatuto da Igualdade Racial, lei que completou nove anos ontem (dia 20).

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos