Em Corumbá (MS) a Secretaria de Saúde fez neste sábado (27) um mutirão para vacinar os haitianos que chegaram à cidade nos últimos dias. A vacinação começou cedo em um hotel na região central da cidade, onde mais de 80 haitianos estão hospedados.

Eles receberam doses das vacinas de tríplice viral, que protege contra sarampo rubéola e caxumba, antitetânica, hepatite “B” e também a de febre amarela. Segundo a Polícia Federal mais de 4.200 haitianos entraram no Brasil em 2018. Neste ano, já são mais de 2.600.

Matéria continua após a publicidade

Quando os haitianos são atendidos no posto de imigração da Polícia Federal, eles recebem uma notificação que dá um prazo de 60 dias para que ele deixem o país, ou então, que regularizem sua situação durante esse período, já que a maioria entra de forma irregular no país.

O que acontece é que nesta semana, devido algumas readequações nos procedimentos migratórios, houve uma demora na liberação dessas notificações, que resultou em uma aglomeração de vários grupos pelas ruas de Corumba, mas, segundo a PF tudo já está normalizado.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos