O Fumacê, passará no perímetro do Samba e outros locais com maior fluxo de turistas e foliões. / Imagem: Ilustrativo

A Coordenação de Vigilância Ambiental em Saúde, intensifica o combate ao vetor Aedes Aegypti, e as ações de conscientização da população.

Do dia 27 de fevereiro a 5 de março haverá a aplicação do inseticida, por meio da bomba motorizada, popularmente conhecido como Fumacê, nas ruas que englobam o perímetro do Samba e outros locais com maior fluxo de turistas e foliões.

Matéria continua após a publicidade

No dia 01 de março, sexta-feira, será realizado panfletagem, adesivagem e orientações a motoristas no Lampião Aceso, das 7h30 às 11h. As orientações será sobre a biologia dos vetores, prevenção e promoção da saúde em relação a doenças vetoriais, também será entregue 200 “Lixocar”. O evento terá apoio de 10 Militares do Exército Brasileiro.

Confira os dados do LIRAa

Os Bairros Centro América, Cravo Vermelho, Guatós, Nova Corumbá, Cristo Redentor e Guarani estão com os índices muito acima do permitido.

Matéria continua após a publicidade

O último Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti (1°LIRAa 2019), que compreende o período de 07 a 11/01/2019 realizado pela Secretaria Municipal de Saúde apontou que Corumbá está com 1,4% do Índice de infestação do mosquito. O número é considerado Médio Risco (Alerta), pelo Ministério da Saúde.

Os bairros que possuem os índices mais altos são Centro América IIP 7,4% e o Cravo Vermelho IIP 6,7%, seguidos do bairro Guatos IIP 4,7%, Nova Corumbá IIP 4,0%, Cristo Redentor IIP 3,9%, Guarani IIP 2,8% e Popular Velha IIP 1,2%.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos