O curta-metragem de terror "Najla", produzido pelo projeto Nutec Moinho Cultural - Oficina Audio-visual, estréia nesta sexta-feira treze, às 19h00, no SESC de Corumbá.  

A produção se originou em 2017, através de de uma seletiva na qual o Instituto Moinho Cultural Sul-Americano foi convidado pela BrazilFoudation, para participar de um processo de seleção de projetos entre organizações sociais que tenham atuações estruturantes na promoção da transformação social e equidade no Brasil.

Matéria continua após a publicidade

Após a submissão e avaliação técnica da proposta, o NUTEC/Núcleo de Tecnologia do Moinho Cultural, foi aprovado com o Projeto áudio visual – NAJLA. O apoio oferecido pela BrazilFoundation foi destinado para a aquisição de equipamentos e a  capacitação de 23 jovens, em captação e edição de som e imagem, trazendo como resultado a produção de um filme de curta metragem.  

Para a  produção do filme, além dos jovens participantes do Projeto, foram envolvidas mais 25 pessoas (adolescentes, jovens e adultos) participando como atores, maquiadores e produção totalizando assim,  48 pessoas envolvidas.

Sinopse Curta-metragem Najla

Matéria continua após a publicidade

Prédio Guatós, ano de 1915, Najla, uma professora de ballet, comete suicídio após ter trucidado sua aluna. Cento e dois anos depois, Roberto Brás, empresário e herdeiro do prédio decide vende-lo por um valor abaixo do mercado. O jovem casal da cidade que o contrai não imagina que...”Ela não admite erros”!

 
Título Najla
Ano de produção 2017\2018
Direção Carol Fig (SP/São Paulo) e Gubert Salles (Corumbá/MS)
Roteiro Vinícius Galharte (Corumbá/MS)
Estréia 13 de abril de 2018 (Brasil)
Classificação 16 anos (Não recomendado para menores de 16 anos)
Gênero Terror Nacional

 

 

 
 
Direção e produção do curta-metragem Najla em reunião. / Imagem: Moinho Cultural

Capacitação de jovens

O apoio oferecido pela BrazilFoundation foi destinado para a aquisição de uipamentos e a  capacitação de 23 jovens, em captação e edição de som e imagem, trazendo como resultado a produção de um filme de curta metragem.  Para a  produção do filme, além dos jovens participantes do Projeto, foram envolvidas mais 25 pessoas (adolescentes, jovens e adultos) participando como atores, maquiadores e produção totalizando assim,  48 pessoas envolvidas.

Foram realizadas 80 horas/aulas ministrados por Carolina Brandão S. Figueredo de São Paulo (Cinema, roteiro, tipos de produção, captação e edição de imagem e som,  conceitos teórico) e Alexander Carlos do NUTEC/IMC(Apresentação e uso dos equipamentos e fotografia)

 

Resultados alcançados com o projeto

01 (um) filme curta-metragem de terror (NAJLA)

25 jovens capacitados para produção audiovisual

02 participantes do Curso inseridos no mercado de trabalho de Corumbá/MS logo após conclusão da capacitação

01 (uma) página no Facebook: Corumbaqui - criação e implantação

Desempenho para criação e realização clipes

Capacidade para criação e realização de vídeos institucionais

Experiência na execução de todas as fases de produção de uma curta metragem 

Aquisição de novos equipamentos de tecnologia áudiovisual para o IMC

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos