Frente fria que chegou ao Mato Grosso do Sul derrubou as temperaturas na madrugada e manhã desta terça-feira (14). Campo Grande registrou a menor temperatura do ano, com termômetros marcando 14,8°C e sensação térmica de 13°C, segundo o meteorologista Natálio Abrahão. Até então, o recorde de temperatura mínima havia sido registrado no dia 9 de abril, quando fez 16,6°C na Capital.

No interior, as menores temperaturas foram registradas em Sete Quedas, com 10,3°C e sensação de 8°C, e em Ponta Porã e Amambai, onde a sensação foi de 9°C.

Matéria continua após a publicidade

O frio deve continuar e há previsão de que seja mais intenso entre a noite de hoje e a madrugada de amanhã.

Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e Defesa Civil emitiram alerta de perigo potencial de declínio de temperatura válido para todos os municípios do Estado.

Conforme o aviso meteorológico, previsão é de queda entre 3°C e 5°C nas temperaturas, com leve risco a saúde.

Matéria continua após a publicidade

Segundo a defesa civil, há risco moderado de friagem e leve risco de chuvas pontuais, sem grande acumulado ou intensidade, para alguns bairros. Orientação é que a população agasalhe animais domésticos e proteja animais em áreas rurais.

Na quarta-feira (15), dia deve ser de sol com poucas nuvens e temperatura mínima atingindo 10°C na região sul do Estado, com sensação térmica de mais frio no fim da madrugada.

Em Campo Grande, temperaturas devem oscilar entre 13°C e 24°C. Dia deve ser de céu parcialmente nublado.

As temperaturas começam a subir a partir de quinta-feira, mas ainda deve haver friozinho na noite e amanhecer.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos