Começo a ser julgado no Tribunal de Aveiro, Portugal, o homem de 51 anos que esfaqueou a mulher após marcar encontro para testar sua fidelidade.

Mário Queirós criou um perfil falso na rede social Facebook, desconfiado de traição de sua esposa. A mulher respondeu ao perfil e aceitou o encontro. 

Matéria continua após a publicidade

O homem perdeu a cabeça ao "comprovar" a infidelidade da esposa, e a esfaqueou no abdomén. 

A mulher sobreviveu ao crime. 

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos