Dezenas protestam por valores cobrados em contas de energia e protestataram em frente a Energisa. / Imagem: Reprodução/Facebook

Na tarde desta segunda-feira (21), dezenas de pessoas estiveram na sede da Energisa, em Dourados, em protesto pelos valores cobrados nas contas de energia, os quais consideram abusivos. O Dourados News mostrou que a ação era articulada via rede social por alguns idealizadores dias atrás.

Populares levaram faixas e cartazes para demonstrar indignação quanto aos valores cobrados pela empresa concessionária de energia da região.

Matéria continua após a publicidade

Muitos estavam com contas anteriores e atuais em mãos para questionar e comparar os valores cobrados.

Segundo o site Dourados News, Jonas Ortiz, coordenador comercial da empresa, voltou a afirmar que os aumentos notados nas contas de janeiro, foram motivados em sua maioria por conta do calor em excesso do período que exige mais dos aparelhos como ar condicionado e também as férias escolares, época que conta com mais pessoas em casa e impacta no consumo de energia.

Ele disse ainda que a empresa se dispôs a analisar “caso a caso”, as reclamações referentes as cobranças, sendo que para isso, os usuários necessitam registrar atendimento na sede da empresa ou via telefone: 0800-722-7272.

Matéria continua após a publicidade

O Procon de Dourados divulgou que já orientou mais de 50 consumidores que procuraram o órgão de defesa do consumidor para denunciar os aumentos considerados abusivos por eles, nas contas de energia.

Ainda conforme o órgão, nove notificações já foram encaminhadas via Correio para a Energisa.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos