O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) é o novo líder do partido na Câmara. O nome dele apareceu no sistema da Câmara como ocupante do cargo no início da tarde desta segunda-feira (21).

Pouco antes da confirmação, o agora ex-líder, Delegado Waldir (PSL-GO), havia divulgado um vídeo no qual reconhecia que a liderança havia passado para Eduardo.

Matéria continua após a publicidade

A disputa pelo posto de líder do PSL na Câmara começou há duas semanas e é um reflexo da crise interna no partido. Duas alas da sigla vivem um confronto: uma, ligada ao presidente Jair Bolsonaro; a outra, ao presidente do PSL, deputado Luciano Bivar (PE).

A ala bolsonarista já havia tentado, na semana passada, emplacar o nome de Eduardo para o lugar de Waldir. Foram enviadas para a direção da Câmara duas listas com assinaturas de deputados do PSL pedindo a troca de líder. No entanto, aliados de Waldir entregaram uma terceira lista que, após análise de Câmara, prevaleceu sobre as demais, por ter mais assinaturas.

Nesta segunda, apoiadores de Eduardo entregaram uma nova lista, com 28 assinaturas (mais da metade da bancada), que foi validada pela Câmara. Pelas regras da Casa, a lista mais recente, desde que tenha assinatura da maioria dos deputados de um partido, tem validade para definir o líder da bancada.

Matéria continua após a publicidade

Eduardo Bolsonaro fez um discurso no plenário da Câmara no início da tarde desta segunda, mas não comentou a disputa pela liderança do PSL. Depois, ao passar por jornalistas a caminho da Comissão de Relações Exteriores, disse que falará mais tarde com a imprensa.

Delegado Waldir aceita nova lista, e Eduardo Bolsonaro é o novo líder do PSL na Câmara

No vídeo divulgado nas redes sociais, Delegado Waldir disse que está à disposição de Eduardo para fazer a transição na liderança de forma “transparente”.

“Venho a público fazer um esclarecimento. O meu partido, o PSL, decidiu retirar a ação de suspensão de cinco parlamentares, e aceitamos democraticamente uma nova lista que foi feita por parlamentares. Já estarei a disposição do novo líder para, de forma transparente, passar para ele toda a liderança do PSL. Queria agradecer aos parlamentares que confiaram nesse nosso projeto, dizer que não sou subordinado a nenhum governador, a nenhum presidente, e sim ao meu eleitor”, disse Waldir.

Segue a lista divulgada pela assessoria, dos que foram favoráveis à Eduardo Bolsonaro:

Vitor Hugo (GO)

Alê Silva (MG)

Aline Sleutjes (PR)

Bia Kicis (DF)

Bibo Nunes (RS)

Carla Zambelli (SP)

Carlos Jordy (RJ)

Caroline de Toni (SC)

Chris Tonietto (RJ)

Coronel Armando (SC)

Coronel Chrisóstomo (RO)

Daniel Freitas (SC)

Daniel Silveira (RJ)

Dr. Luiz Ovando (MS)

Eduardo Bolsonaro (SP)

Enéias Reis (MG)

Filipe Barros (PR)

General Girão (RN)

General Peternelli (SP)

Guiga Peixoto (SP)

Helio Lopes (RJ)

Junio Amaral (MG)

Léo Motta (MG)

Luiz Lima (RJ)

Luiz Philippe de Orleans e Bragança (SP)

Marcelo Brum (RS)

Marcio Labre (RJ)

Ricardo Pericar (RJ)

Sanderson (RS)

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos