Mulheres que trabalham na área central de Corumbá formam o público alvo da ação, que vai acontecer na sede da Associação Comercial e Empresarial de Corumbá (ACIC), localizada na rua Delamare, 1088, entre ruas Frei Mariano e 15 de Novembro, área central da cidade.

Realizada pela Secretaria Especial de Cidadania e Direitos Humanos e sua Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, a iniciativa é uma parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. Tem como enfermeiras responsáveis Natália de Souza Silva (coordenadora do Programa de Câncer de Colo de Útero) e Marjorie Gonçalves Marques Pereira (responsável pela Unidade de Saúde Pedro Paulo II).

Matéria continua após a publicidade

O projeto itinerante “Exame da Vida” conta ainda com apoio da Associação Comercial e Empresarial de Corumbá e de 15 empresas que aderiram à ação.

O exame

Matéria continua após a publicidade

O Papanicolau (exame preventivo de colo de útero) é um teste realizado para detectar alterações nas células do colo do útero. Esse exame é a principal estratégia para detectar lesões precocemente e fazer o diagnóstico da doença bem no início, antes que a mulher tenha sintomas. Pode ser feito em postos ou unidades de saúde da rede pública que tenham profissionais capacitados. É fundamental que os serviços de saúde orientem sobre o que é e qual a importância do exame preventivo, pois sua realização periódica permite que o diagnóstico seja feito cedo e reduza a mortalidade por câncer do colo do útero. O exame preventivo é indolor, simples e rápido. Pode, no máximo, causar um pequeno desconforto que diminui se a mulher conseguir relaxar e se o exame for realizado com boa técnica e de forma delicada. Com informações do Ministério da Saúde.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos