O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS), agência de Corumbá, já está parcelando as dívidas de veículos no cartão de crédito. O serviço começou na última segunda-feira, 12 de novembro e as multas, licenciamentos, IPVA e outras dívidas relativas a veículos, poderão ser parceladas em até doze vezes no cartão de crédito.

A decisão da direção do órgão foi enaltecida pelos vereadores Cristóvão Contador e Yussef Salla que, por meio de requerimentos, já haviam solicitado a interiorização do programa que, na época, atendia apenas Campo Grande, como forma de reduzir o número de veículos apreendidos na cidade, que superlota o pátio do Detran.

Matéria continua após a publicidade

“Já estamos com o programa funcionando em Corumbá. Sem dúvida, será importante para atender aquelas pessoas que estão com dívidas junto ao órgão, com veículos apreendidos, por exemplo, para resolver a situação, parcelando o débito. Vai também contribuir para reduzir o número de veículos que estão apreendidos no pátio do Detran”, disse o gerente local do departamento, Carlos David Gimenez Paz.

Dias atrás, o vereador Yussef Salla havia solicitado informações junto à agência local do Detran, em relação ao número de veículos apreendidos, já preocupado com a superlotação. Antes, havia sugerido ao órgão, a realização de um leilão.

Já Cristóvão Contador, por meio de requerimento, havia sugerido criação de um programa de recuperação fiscal para quitação de débitos junto ao Detran, para atender aquelas pessoas que estão em situação irregular junto ao órgão, bem como a ampliação da forma de pagamento por meio de cartão de crédito, com parcelamento, como já estava ocorrendo em Campo Grande, na época.

Matéria continua após a publicidade

O programa cresceu e, hoje, além de Corumbá e Campo Grande, está atendendo também as cidades de Amambai, Bonito, Coxim, Dourados, Naviraí, Sidrolândia e Três Lagoas. A previsão é que até o começo do próximo ano, todo o Estado disponha do serviço prestado pela PinPag, empresa credenciada pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos