Em seu carrinho, o sr. Júlio mostra seu trabalho com simpatia nas imediações da Rua Porto Carreiro, em Corumbá. / Imagem: Facebook

Simpático e trabalhador. Assim definem os clientes e amigos do senhor Júlio (67), corumbaense que corta panelas de pressão e as reforma, bem como também revende.

Infelizmente, não conseguimos contatar o seu Júlio nesta quarta-feira (05). Mas seu esforço e bom trabalho merecem ser reconhecidos e são dignos de uma nota deste Jornal.

Matéria continua após a publicidade

Quem desejar usufruir do bom trabalho deste simpático corumbaense, ele usualmente fica nas imediações da lotérica da rua Porto Carreiro com seu trabalho à mostra. Sua residência é na Rua Monte Castelo, entre Rua 21 de Setembro e Luis Feitosa Rodriguez.

Trabalho Informal

Segundo a Federação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços de Mato Grosso do Sul – Fetracom-MS, desde 2018 o trabalho informal vem crescendo no Estado.

Matéria continua após a publicidade

Diante das crises financeiras e trabalhistas, muitos sul-matogrossenses têm buscado alternativas para a manutenção da própria renda, preferindo iniciativas artesanais como a do Sr. Júlio.

Embora o trabalho informal não obtenha direitos aos benefícios e proteções sociais, ele tem garantido a renda de uma parcela de brasileiros e a tendência é que o setor cresça em todo o país.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos