Um homem (43 anos), vitima de esfaqueamento deu entrada no UPA, na noite do último sábado (11). Conforme informações, a médica de plantão disse que realizou todos os procedimentos necessários para reanimar a vítima, mas sem êxito. Ainda conforme a médica, a vítima tinha lesão na cabeça aparentando que alguém lhe deu um golpe com algum objeto causando traumatismo encefálico, também apresentava perfurações pelo corpo aparentando ser faca e tinha perfurações no tórax, abdômen e na sua mão direita.

A guarnição entrou em contado via CIOPS para saber se tinha mais informações, onde foi repassado via rádio que o endereço onde foi à ocorrência era na Rua Edu Rocha. A equipe deslocou até o local, e em contado com o irmão da vítima e sua esposa, disseram que seu esposo estava ingerindo bebida alcoólica no mesmo local que o acusado. Ainda segundo a esposa, disse que por motivo do seu esposo falar para o sobrinho que ele era puxa saco de um conhecido começou uma luta corporal, que foi contida pela senhora que conseguiu separá-los.

Matéria continua após a publicidade

Mas posteriormente a conversa se espalhou para o restante dos familiares onde entraram em luta corporal e que a vítima fatal Jeferson Alves de Moraes sofreu vários hematomas, que pode ter sido oriundo de uma marreta que foi encontrada pela equipe policial próximo do local da briga.

O material encontrado e os quatros envolvidos foram encaminhados até a Primeira Delegacia de Polícia Civil para providências.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos