Com um desfile esplendoroso que animou o público cantando em coro o samba-enredo "A Caravana da Alegria chegou!", a Mocidade Independente da Nova Corumbá levou o título de campeã do carnaval 2018.

Com o tema "“Optchá, sob um céu de estrelas a sorte da Mocidade", a escola desceu com cerca de 850 componentes divididos em 12 alas e 04 carros alegóricos que conquistaram os jurados numa disputa acirrada com a escola A Pesada.

Matéria continua após a publicidade

Em uma edição marcada por punições, a Mocidade foi uma das duas únicas escolas a não perder pontos em penalizações. A outra foi sua vice, a escola A Pesada. Trajes desconexos, problemas nos carros alegóricos, número de integrantes que excediam o edital e não comprimento de outros itens do artigo que dispunha os critérios da LIESCO levaram muitas escolas a perderem até 5 pontos previamente. 

Neste ano, reclamações também fizeram voz para a LIESCO e para a Prefeitura Municipal de Corumbá no quesito dos puxadores dos carros que esperam, ano que vem, terem melhoras nos caminhões que acompanham a escola durante o desfile. A exigência é de que haja um microfone sem fio que facilite a mobilidade do cantor na folia. 

De toda a maneira, a festa hoje foi da Mocidade! Optchá!

Matéria continua após a publicidade

O Ranking das escolas foi o seguinte:

1. Mocidade Independente da Nova Corumbá (179,5 pontos). 

2; A Pesada (178,5 pontos)

3. Caprichosos de Corumbá (177,4 pontos)

4. Estação Primeira (176,7 pontos)

5. Marquês de Sapucaí (176,6 pontos)

6. Império do Morro (176,6 pontos) 

7. Imperatriz (176,4 pontos) 

8. Vila Mamona (174,1 pontos) 

9. Acadêmicos do Pantanal (174 pontos)  

10. Major Gama (169,8 pontos).

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos