O nome do acusado não foi divulgado, porém foi informado que o empresário de 63 anos teria "influência" no município. / Imagem: Polícia Civil

A Polícia Civil divulgou hoje informações sobre a prisão de um empresário (63) da cidade de Ladário, ocorrida no dia 29 de julho. O homem é acusado de estupro de vulnerável e favorecimento de exploração sexual de adolescentes no município.

O nome do acusado não foi divulgado, porém foi informado que o homem é influente e bem conhecido, e usava de sua boa condição financeira para cometer os abusos sexuais, sobretudo com vítimas de baixa condição financeira.

Matéria continua após a publicidade

Entre as denúncias está o estupro de uma adolescente de 13 anos, quem o empresário teria ldado uma carona para fazerem “compras juntos” e, durante o trajeto, teria cometido o abuso sexual. Além da jovem, duas primas, também menores de idade, eram exploradas pelo homem.

Conforme a Polícia, o acusado dava presentes e financiava tratamentos estéticos, dentre outros favorecimentos, para que outros adolescentes mantivessem relações sexuais com ele.

A Polícia Civil investiga a família das vitimas, pois acredita-se que o abuso de alguns adolescentes tinham conveniência de seus próprios parentes.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos