Foi preso o padrasto da menina de 7 anos encontrada morta ao lado da mãe, na cidade de Sonora – distante 351 quilômetros de Campo Grande. Aparecido Donizete Celestiano de 63 anos, conhecido como Diabo Loiro, foi preso ainda na noite de quinta-feira (1º). Ele cumpriu pena por estuprar um menino de 3 anos, em 2012.

Aparecido teria dopado a mãe da menina oferecendo cerveja a ela, que já tinha tomado remédios antidepressivos. Em seguida, ele teria estuprado a criança, assassinado ela por asfixia e depois a estuprado depois de morta. A mãe da criança disse que não viu nada, já que estava dopada.

Matéria continua após a publicidade

Um laudo do IML (Instituto Médico Legal) de Coxim informou que a causa da morte da criança foi asfixia mecânica, quando a constrição do pescoço por obliterar as vias respiratórias produziu a morte.

Na delegacia, o idoso negou o crime. Aparecido que estava usando tornozeleira eletrônica, já havia sido condenado em 2012 por estuprar um menino de 3 anos

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos