Um homem de 37 anos tentou se passar por padre para enganar a fiscalização da PRF (Polícia Rodoviária Federal) na fronteira com o Paraguai, em Ponta Porã. O caso aconteceu nesta quinta-feira (16) na BR-463, quando o veículo Hyundai HB20 foi parado pela polícia.

Com placas de Belo Horizonte, em Minas Gerais, o homem se apresentou como padre para os policiais e afirmou que estava em viagem para o Paraguai para fazer compras. Segundo a PRF, a mentira não durou muito tempo, quando a equipe encontrou vários tabletes de maconha, que somaram 101 kg de droga no interior e no porta-malas do carro.

Matéria continua após a publicidade

Após a descoberta, o homem confessou ter alugado o carro em São Paulo (SP) e seguiu até a região da fronteira com o Paraguai, onde carregou o carro com as drogas. Segundo ele, os tabletes de maconha seriam levados para a cidade de Catanduva (SP).

Como justificativa para o crime, ele disse que fez o transporte para pagar as dívidas da namorada com o tráfico. A carga de maconha, o veículo e o falso padre foram encaminhados à da Polícia Federal em Ponta Porã.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos