Durante o Festival da Curimba ocorrido na programação do Festival América do Sul, foi anunciado que em agosto deste ano  será promovido no Centro de Convenções, em Corumbá, o Festival do Axé, apenas para as religiões de matrizes africanas, dedicado às mulheres, dentro do Agosto Lilás, com apoio do Governo de Mato Grosso do Sul, da Secretaria de Cultura e Cidadania e da Subsecretaria de Políticas Públicas para as Mulheres. As informações são da Assessoria de Comunicação do FASP.

Presente no evento, Leonardo de Oliveira Melo, que conduz a Subsecretaria de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial e Cidadania, vinculada à estrutura da Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania, destacou os primeiros resultados. "O Festival Curimba está valorizando a cultura de um povo, de uma religião que ainda sofre muito preconceito", afirmou. "O governador Azambuja e o secretário Athayde Nery estão me dando muita liberdade para trabalhar as religiões, as quilombolas, a capoeira, estamos conseguindo unir todas elas", acentuou.

Matéria continua após a publicidade

A estimativa da Subsecretaria de Políticas Publicas para a Promoção da Igualdade Racial e Cidadania é de que existam na região de Corumbá e Ladário 463 terreiros de umbanda e canbomblé. Poucos, porém, são registrados. "A Tenda da Cidadania recebeu muita gente, muitos turistas, e até mesmo o cantor Criolo passou por lá, ele vê como muito importante esse trabalho de valorização nas religiões de matrizes africanas", destacou Leonardo.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos