A 14ª edição do Festival América do Sul Pantanal, em Corumbá, acontecerá do dia 24 a 27 de maio com shows de Criolo, Daniela Mercury, Martinho da Vila e Roberta Miranda. O anúncio foi feito na manhã de hoje, pelo secretário estadual de cultura Athayde Nery. "A intenção é variar entre o axé, samba e outras vertentes da música popular brasileira", disse o secretário.

A 14ª edição do festival homenageará o músico José Asunción Flores, compositor paraguaio, cantor e criador do gênero guarânia. Também o ex-prefeito de Corumbá, RuiterCunha de Oliveira (PSDB), que faleceu em novembro de 2017.

Matéria continua após a publicidade

Ao total, serão 200 atrações culturais com a participação de 10 países. Haverá oficinas com debates sobre o tema: cultura e cidadania para alavancar a sociedade. Além de apresentações de teatro, dança, música e cinema em Corumbá e as cidades vizinhas Ladário, Puerto Quijarro e Puerto Suárez, na Bolívia, fazem parte do calendário de atividades.

O investimento foi R$ 3 milhões, e a secretaria falou sobre a mudança da data do Festival, que seria em novembro do ano passado. "Maio é mais adequado, porque o clima é mais ameno e por ser um período de turismo com pesca liberada nos rios", afirmou Athayde.

No lançamento, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que o Festival deve gerar aproximadamente R$ 15 milhões durante os 4 dias em termos de turismo, economia, hotelaria e vendas.

Matéria continua após a publicidade

"Essa integração cultural do Festival América do Sul e Pantanal é um dos pilares do mercosul. Mato Grosso do Sul tem muita influência dos países América, e mesmo em época de crise econômica, no Governo não houve cortes na cultura", disse o governador.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos