Odilon Júnior chega ao Centro de Triagem cobrindo o rosto com a mão / Imagem: Reprodução

O advogado Odilon de Oliveira Junior tentou se esconder das câmeras para não ser identificado ao entrar no presídio e negociar apoio do MDB com o ex-governador André Puccinelli, preso desde 20 de julho. Imagens do circuito interno mostram o filho e coordenador da campanha do juiz aposentado Odilon de Oliveira (PDT) cobrindo o rosto com a mão diante das câmeras do Centro de Triagem.

Coordenador de campanha em corredor, a caminho da portaria para deixar a unidade / Imagem: Reprodução

Matéria continua após a publicidade

O site Campo Grande News teve acesso às imagens e as cenas mostram outro detalhe que contradiz a versão dada por Odilon Júnior e o advogado Luiz Pedro Guimarães, outro denunciado após a operação Coffee Break.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos