Corpos foram encontrados com diversas perfurações na MS 299. / Imagem: Ilustrativo

Um homem de 59 anos, identificado como Nelson Kreulich, morreu na tarde desse domingo (3) após dar entrada na Santa Casa de Campo Grande, ferido por arma de fogo. Ele foi atingido acidentalmente pelo próprio filho enquanto praticavam caça a porcos em Bandeirantes, cidade distante a 70 quilômetros da Capital.

Matéria continua após a publicidade

Conforme informações do boletim de ocorrência, Nelson e o filho de 36 anos estavam em uma fazenda praticando caça a porcos, quando a vítima resolveu ir até o interior da mata “tocar” a manada de porcos em direção ao seu filho que estava com uma espingarda tipo cartucheira.

Em certo momento, conforme registro policial, o filho percebeu a movimentação na mata, atirou na intenção de alvejar um dos porcos, mas o pai acabou entrando na linha de tiro e foi atingido no braço esquerdo, antebraço esquerdo, tórax, pescoço e coxa esquerda.

Ele foi socorrido e encaminhado para Santa Casa, onde passou por cirurgia, porém no final da tarde não resistiu a gravidade dos ferimentos e acabou morrendo no hospital. Consta no boletim de ocorrência que o autor dos disparos não compareceu à Delegacia pois ficou em estado de choque. O caso foi registrado como homicídio culposo, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e lesão corporal culposa.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos