Uma cena comoveu moradores do município de Anastácio, região do Pantanal sul-mato-grossense. Nesta terça-feira (6) um filhote de bugio de apenas 1 mês foi encontrado vivo agarrado à mãe, que morreu após ser atropelada em uma rua no centro da cidade.

De acordo com testemunhas, uma motociclista passou por cima do animal e fugiu sem prestar socorro. O filhote permaneceu abraçado a mãe por cerca de 1 hora, até o momento que os policiais ambientais chegaram para fazer o resgate.

Matéria continua após a publicidade

"O filhote age assim mesmo, ele não sabe se a mãe morreu ou está viva. Ele se agarra para se manter protegido", disse o tenente-coronel da PMA, Edinilson Queiroz.

Ainda de acordo com o tenente, o filhote de bugio se solta da mãe quando aprende a se locomover sozinho, e só foi salvo por conta do instinto materno.

"O filhotinho só sobreviveu ao atropelamento porque a mãe o protegeu. Ela usa a massa corpória dela que é maior e abraça o filhote. Isso evitou que ele também fosse esmagado", acrescentou o militar.

Matéria continua após a publicidade

O filhote foi levado para o Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS), em Campo Grande. Ele será tratado com leite de vaca entre 2 e 3 meses até começar a ingerir alimentos sólidos.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos