A partir do dia 24, Brasil, Paraguai , Bolívia e até em áreas do Peru vão experimentar as bruscas mudanças no tempo provocadas pela passagem desta frente fria. / Imagem: Internet

Uma grande e forte frente fria associada a uma intensa massa de ar frio, de origem polar, e a um ciclone extratropical passa sobre o Brasil entre os dias 24 e 27 de agosto de 2018. Esta frente fria tem potencial para provocar queda da temperatura muito acentuada em pouco tempo. Em 24 horas, a temperatura poderá cair mais de 10°C em muitas áreas do Sul, do Sudeste, do Centro-Oeste e até em áreas da Região Norte.

O sul do Chile e da Argentina começaram a sentir os efeitos desta frente fria entre 21 e 22 de agosto. Na tarde de 23, o sistema já estava influenciando o centro-leste e o norte da Argentina com muita ventania e nuvens carregadas chegavam ao Uruguai. A partir do dia 24, Brasil, Paraguai , Bolívia e até em áreas do Peru vão experimentar as bruscas mudanças no tempo provocadas pela passagem desta frente fria.

Matéria continua após a publicidade

O mapa mostra a previsão de risco de eventos meteorológicos especiais para a sexta-feira, 24 de agosto de 2018.

Confira abaixo as condições especiais de tempo esperadas durante a passagem desta grande e forte frente fria pelo Brasil. A população do Sul, de muitas áreas do Sudeste, do Centro-Oeste, de Rondônia, do Acre e do sul do Amazonas devem sentir diferentes transtornos por causa desta frente fria.

Matéria continua após a publicidade

Chuva forte e granizo

Nuvens bastante carregadas se formam com a passagem desta grande frente fria que avança sobre o Brasil nos próximos dias. Há risco de temporais, com chuva forte em pouco tempo, podendo causar alagamentos repentinos, além de raios e até granizo. O risco de granizo é maior no Sul do Brasil, em São Paulo e em Mato Grosso do Sul.

Ciclone extratropical

Um forte ciclone extratropical se organiza no litoral da Região Sul do Brasil entre a tarde de 24 de agosto de 2018, sexta-feira, e a madrugada do dia 25, sábado. A baixa pressão atmosférica deste sistema deve atingir menos 1000 hPa, o que aumenta o potencial para ventania.

Os fortes ventos provocados por este ciclone extratropical devem ser sentidos na costa da Região Sul e do Sudeste entre a tarde o dia 24 e tarde do dia 25. Na costa do Sudeste, o vento aumenta durante o dia 25. O mar fica muito agitado na costa da Região Sul.  Uma agitação marítima moderada chega ao litoral do Sudeste, mas o risco de ressaca é baixo.

Ventania

A passagem de nuvens carregadas da frente fria, a presença do ciclone extratropical no litoral da Região Sul do Brasil e o grande contraste de temperatura e de pressão atmosférica que ocorre nos próximos dias aumenta a velocidade do vento. Rajadas de vento muito fortes, de ordem de 80 km/h a 100 km/h devem ocorrer no Sul do Brasil e no sul de Mato Grosso do Sul. Outras áreas do Centro-Oeste,  no Sudeste e no sul da Região Norte, as rajadas pode alcançar velocidades da de 60 km/h a 85 km/h.

Risco de tornado

Há um risco de formação de tornado no Sul do Brasil e no sul de Mato Grosso do Sul durante o dia 24 de agosto, sexta-feira. As regiões com maior probabilidade de ocorrência do fenômeno seriam o norte/noroeste do Rio Grande do Sul, o centro e oeste de Santa Catarina, o oeste do Paraná e o sul de Mato Grosso do Sul.

Temperatura abaixo dos 10°C

A forte massa de ar frio, de origem polar, que se espalha sobre o Brasil nos próximos dias vai provocar uma acentuada queda temperatura em todos os estados do Sul, do Sudeste, do Centro-Oeste, além de Rondônia, Acre e o sul do Amazonas.

Temperaturas entre 5°C e 10°C devem ser observadas no dia 25 de agosto, sábado, nos estados do Sul do Brasil e no sul de Mato Grosso do Sul.

Nos dias 26 e 27 de agosto, a temperatura também pode ficar entre 5°C e 10°C no centro-oeste e sul de São Paulo, no centro, leste, sul e oeste de Mato Grosso do Sul.  Na Serra da Mantiqueira (MG/SP/RJ), a temperatura pode ficar entre 5°C e 10°C no dia 27 de agosto.

Durante a passagem desta nova massa de ar frio é pouco provável que a temperatura fique abaixo dos 10°C nas demais áreas do Sudeste e do Centro-Oeste do Brasil.

Frio intenso e temperatura abaixo de zero

Durante os dias de atuação da forte massa de ar polar que se espalha sobre o Brasil, a temperatura volta a ficar abaixo de zero em áreas dos três estados da Região Sul do Brasil entre os dias 25 e 28 de agosto 2018.

Geada

Há condições para geada, até de moderada a forte intensidade, nos dias 26 e 27 de agosto nos estados da Região Sul, podendo gear na Grande Porto Alegre e na Grande Curitiba.

Não se pode descartar completamente alguma geada no sul de São Paulo e no sul de Mato Grosso do Sul no dia 26 ou 27 de agosto.

Friagem no Norte do Brasil

O ar frio de origem polar passa novamente pelo Rondônia, ao Acre e sobre o sul do Amazonas, com moderada intensidade, causando a quinta friagem de agosto de 2018. Temperaturas entre 13°C e 16°C devem ser observadas nestas áreas.

O vento frio poderá ser sentido até no norte de Mato Grosso, norte de Goiás, no sul do Pará e do Tocantins.

Neve

Há uma possibilidade de nevar entre a noite do sábado, 25, e madrugada do domingo, 26 de agosto, nas áreas mais elevadas da serra gaúcha e catarinense. Se a previsão se confirmar será o segundo evento de neve no Sul do Brasil em agosto de 2018.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos