Um motorista de aplicativo de 24 anos e um funcionário da Agência Estadual de Regulação de Serviços Público (Agepan), de 46, foram vítimas de sequestro relâmpago na madrugada desta quarta-feira (21), em Campo Grande.

A vítima mais velha abastecia o carro da Agepan, por volta das 2h30 (de MS), quando foi rendida por três bandidos armados com faca e revólver. Dois entraram no veículo e um deles passou a dirigir. O terceiro assaltante seguiu em uma motocicleta.

Matéria continua após a publicidade

Os bandidos seguiram para o Parque dos Poderes, onde a vítima foi obrigada a tentar sacar dinheiro em caixa eletrônico. Ele não conseguiu e foi deixado com o veículo no Jardim Santa Emília.

Já o motorista teve o carro roubado e teve que caminhar três quilômetros para pedir ajuda. Tudo começou quando ele pegou dois jovens e duas garotas que aparentavam ter menos de 18 anos, na avenida Afonso Pena, por volta das 2h.

O grupo combinou de ir até o bairro Aero Rancho e pagar R$ 25. No meio do caminho, o motorrista foi agredido, imobilizado e colocado no banco traseiro. Um dos assaltantes passou a dirigir e seguiu até a BR-060.

Matéria continua após a publicidade

A vítima foi deixada às margens da rodovia, teve que caminhar em direção ao matagal e viu que os assaltantes voltaram à área urbana. Ele foi a pé até um frigorífico onde um funconário o emprestou celular para que ligasse à polícia.

Além do carro, o jovem teve roubado R$ 70 e o celular. Ele disse aos policiais que os assaltantes comentaram que iriam abandonar o veículo em um local sem movimento.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos