Na primeira gestão, em que Azambuja assumiu em 2014, eram 15 secretarias, o governador diminuiu esse número para dez. / Imagem: Correio Da Manhã

No mesmo dia em que a prefeitura de Campo Grande afirmou que já tem os valores necessários para pagamento do 13º salário, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), tranquilizou nesta tarde os servidores públicos. Disse que os valores vão ser depositados “certinho”.

Reinaldo não detalhou quanto do montante necessário já está provisionado, mas disse que a programação para garantir o benefício vem sendo feita desde o início do ano. “O povo pode ficar tranquilo”, brincou.

Matéria continua após a publicidade

Mensalmente, a folha de pagamento do governo de Mato Grosso do Sul consome cerca de R$ 450 milhões. No décimo-terceiro, este valor costuma ser menor, porque não recaem tantos encargos, como horas extras.

Prefeitura – Em Campo Grande, segundo informado hoje pelo secretário de Planejamento e Finanças, Pedro Pedrossian Neto, já estão reservados R$ 77 milhões, o que segundo ele cobre o pagamento do benefício.

A situação é diferente do ano passado, quando o município não tinha os valores em caixa e só conseguiu quitar o pagamento depois que a folha de pagamento foi vendida para o Banco Bradesco.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos