Homem de 35 anos procurou a polícia para prestar queixa contra a namorada, depois de contrair herpes. O ato que teria gerado o contágio ocorreu em agosto, mas ele só prestou queixa na manhã deste sábado (24). O caso foi registrado como perigo de contágio venéreo.

À Polícia, o homem foi específico em dizer que estaria infectado com herpes simples tipos I e II e teria contraído a doença venérea, supostamente transmitida pela namorada, de 22 anos, depois de manterem relações sexuais sem usar preservativos.

Matéria continua após a publicidade

Ele percebeu a infecção depois que algumas feridas surgiram na sua boca. O senhor, então, procurou orientação médica, realizou alguns exames que teriam constatado a doença. Ele garante que entrou em contato com a namorara, que teria dito que também possuía a enfermidade.

Segundo o site Midiamax, a ocorrência foi registrada como perigo de contágio venéreo na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.

Cuide-se 

Matéria continua após a publicidade

Importante lembrar que o uso de preservativos não previne somente gravidez não planejada, mas, também, muitas doenças sexualmente transmissíveis como, além da herpes simples, contraída por ele, aids, alguns tipos de hepatites e sífilis.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos