Marcos Fioravanti Neto, de 22 anos, acusado de matar a namorada Maiana Barbosa de Oliveira, de 20 anos, e a filha, uma recém nascida de um mês, foi encontrado morto enforcado em uma das celas na PED (Penitenciária Estadual de Dourados), onde cumpria pena pelo crime. De acordo com informações da Agepen (Agência Estadual de Gestão do Sistema Penitenciário) ele teria se enforcado usando um lençol.

Em nota a Agepen informou que Marcos estava isolado em uma cela do pavilhão de saúde da PED e que o corpo foi encontrado por volta das 7 horas. Equipe da perícia foi até o local para dar início ao processo de investigações da morte.

Matéria continua após a publicidade

O caso

Maiana e a filha, que tinha 1 mês, foram encontradas mortas a facadas no quarto de uma casa localizada na rua Humaitá, região do Jardim Água Boa, em Dourados.

O suspeito do crime, Marcos Fioravante Neto, era namorado de Maiana e pai da criança. Ele foi preso no final da tarde do dia 26 em Glória de Dourados.

Matéria continua após a publicidade

Em depoimento à delegada da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), Paula Ribeiro, Marcos confessou o crime. Os assassinatos, segundo a delegada, ocorreram na noite do dia 25 e os corpos encontrados no final da manhã do dia seguinte.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos