Matéria continua após a publicidade

Foi preso em Ponta Porã – a 346 quilômetros de Campo Grande – e levado para a delegacia Reginaldo Pereira da Silva de 50 anos, após tentar estuprar uma mulher de 34 anos, em uma praça da cidade. Ele foi preso nesta sexta-feira (5).

A vítima, que trabalha como vigia de patrimônio – contou que no dia 2 deste mês estava na praça quando percebeu que Reginaldo a estava encarando, sendo que passou a fazer acenos para a mulher que contou não conhecer o homem.

Matéria continua após a publicidade

Ela falou que durante o tempo que estava no centro de lazer da praça, o autor passou a segui-la e passar cantadas nela. Quando a vigia de patrimônio sentou-se em um banco, o homem também sentou ao seu lado e tentou agarrar seu braço e arrastá-la até o banheiro para estuprá-la.

Momento em que assustada começou a gritar por socorro e um rapaz que fazia exercícios na praça a ajudou. O autor fugiu pulando o muro do cemitério, que fica próximo ao centro de lazer. Segundo o site Porã News, antes de fugir o homem começou a gritar que era membro da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital) e que voltaria para matar todos.

A polícia foi chamada e fez rondas na tentativa de encontrar o autor, mas sem sucesso. Mas, no dia seguinte o autor voltou a área de lazer e novamente passou a perseguir a mulher e a polícia novamente foi acionada. Reginaldo foi preso nesta sexta-feira (5) e levado para a delegacia

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos