Anna Mae Blessing, uma idosa de 92 anos, foi acusada de ter assassinado seu filho, Thomas Blessing, de 72 anos porque não queria ser enviada para um asilo. O caso aconteceu no Arizona, Estados Unidos.

Anna Mae teria atirado várias vezes contra Thomas. A namorada dele, que encontrava-se na sala no momento do ocorrido, afirma ter ouvido a idosa falar que estava cansada da maneira como era tratada.

Matéria continua após a publicidade

Após atirar no filho, a idosa ainda teria atirado contra a namorada da vítima, que lutou contra Anna Mae e tirou sua pistola.

Quando a mulher estava sendo levada pela polícia, ela afirmou para as pessoas no local ‘Você tirou minha vida, então eu estou tomando a sua’, se referindo ao filho morto.

O filho, Thomas Blessing,  levou a mãe para morar com ele e a namorada cerca de seis meses antes da tragédia.

Matéria continua após a publicidade

As informações são do Gabinete do Xerife do Condado de Maricopa, no Arizona, Estados Unidos.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos