Após oito dias internada, Ilda do Nascimento Neves, de 62 anos de idade, morreu com suspeita de H1N1.

Segundo informações, Ilda estava sendo transferida para um hospital na cidade de Dourados na tarde de ontem (26), mas durante o trajeto ela teria sofrido três paradas cardiorrespiratórias e não resistiu.

Matéria continua após a publicidade

De acordo com o site Nova News, a secretária municipal de saúde Marcela Leite informou que os exames de Ilda foram coletados em uma unidade hospitalar em Nova Andradina, onde estava internada e foram encaminhados para um laboratório na capital, onde passarão por análise.

Caso se confirme a causa da morte, esse será o primeiro caso de H1N1 registrado este ano em Batayporã. Duas mortes em decorrência da gripe H1N1 já foram confirmadas em Mato Grosso do Sul neste ano. A Influenza A (H1N1) e a Influenza Sazonal (gripe comum) são causadas por subtipos do vírus Influenza.

Matéria continua após a publicidade

Os sintomas de ambas são típicos de gripe comum como: febre, tosse, dor de garganta, dor no corpo e mal-estar. Ao apresentar estes sintomas, combinados com dificuldade para respirar, a orientação é procurar um médico.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos