A implantação de uma horta comunitária foi sugerida esta semana pelo vereador Manoel Rodrigues à Prefeitura de Corumbá, para atender a comunidade do Bairro Aeroporto, na região do Conjunto Habitacional Pró-Moradia.

O pedido foi feito por meio de requerimento direcionado ao prefeito Marcelo Iunes e ao secretário de Desenvolvimento Econômico e Sustentável, Luciano Aguilar Rodrigues Leite. O vereador indicou inclusive uma área pertencendo ao Município para implantação dessa horta com cunho social e produtivo: Rua Goiás, entre as ruas Campo Grande e Duque de Caxias.

Matéria continua após a publicidade

A horta comunitária foi tratada pelo próprio vereador com a comunidade do Pró-Moradia, durante um encontro com os moradores, quando se discutiu a melhor forma de aproveitamento dessa área pertencente ao Município.

Em sua justificativa, Manoel observou que já existem vários projetos idênticos em cidades brasileiras que optaram pela implantação de hortas comunitárias, dando utilização adequada a terrenos públicos existentes em áreas urbanas, com o aproveitamento do espaço para produção de alimentos, através do trabalho voluntário e solidário da comunidade.

Observa que, para total sucesso, é preciso que projeto seja monitorado por uma equipe de técnicos que utiliza o sistema de produção agroecológico, e que o envolvimento da população na produção da horta permite a participação de toda a família, gerando um vínculo mais estreito com espírito de união e trabalho.

Matéria continua após a publicidade

Manoel observa ainda que o projeto foi pensado como instrumento de garantia da segurança alimentar para a comunidade local, podendo ser estendida a outras regiões carentes, propiciando oportunidades de trabalho e geração de renda, bem como fazer o aproveitamento de áreas públicas ociosas que podem se tornar depósitos de entulho e de lixo, propícios para surgimento de focos de doenças, principalmente a dengue, Zika vírus e Chikungunya.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos