O quarto integrante do grupo que iniciou o tiroteio contra os policiais militares do 6º Batalhão de Corumbá, no inicio da noite de ontem (09) no Cravo Vermelho III, bairro Cristo Redentor, continua foragido. O homem teria fugido adentrando o matagal da região, enquanto seus parceiros foram alvejados pelos tiros revidados da PM.

O fato se desenrolou após a notificação de uma tentativa de roubo de motocicleta na Estrada da Bocaína por volta das 16h00. A vítima (42) teria acionado a equipe de Força Tática da Policia Militar, após conseguir fugir dos assaltantes acelerendo o veículo.

Matéria continua após a publicidade

A tentativa de assalto ocorreu na estrada do morro que dá acesso à “Estrada da Bocaina”, local este, já conhecido pelos policiais por outros delitos já cometidos no mesmo modus operandi, em que indivíduos munidos com armas de fogo rendiam as vítimas e levavam-nas para dentro do matagal.

Em posse das informações, a guarnição adentrou o matagal morro acima. Após vários metros de incursão, a equipe ouviu ruídos advindos do matagal, buscando abrigo de imediato.

Momentos depois, a equipe observou a aproximação de quatro indivíduos, que por sua vez apresentavam as mesmas características informadas pela vítima, cada um com uma arma de fogo em mãos e rostos cobertos por panos, estando o último portando uma arma longa.

Matéria continua após a publicidade

De imediato, a guarnição deu voz de parada, e ainda a ordem para largarem as armas no chão, se identificando como policiais. Entretanto, as ordens não foram acatadas, sendo efetuados disparos de arma de fogo em direção a equipe policial. Diante da agressão, os policiais revidaram com disparos de arma de fogo, logrando óbito de três dos sujeitos identificados no Instituto Médico e Odontológico Legal como Fabiano Ronaldo Franco (19), Renato de Pinho Ruiz (26) e Thiago Júnior Valentim Tertuliano (22)..

O quarto indivíduo avistado pela guarnição empreendeu fuga pelo matagal, que por sua vez é de difícil acesso. Sua identidade ainda não foi divulgada.

Após o atendimento, foi constatado pela equipe que as armas utilizadas pelos indivíduos se tratavam de dois revólveres de calibre .38 e um revólver de calibre .22 e ainda uma faca com aproximadamente 20cm de lâmina. 

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos