Zena Edwards, de 18 anos, foi condenada nesta semana por injúria racial após ser levada à emergência de um hospital em Denbighshire (País de Gales) com um golpe de faca nas costas e se recusar a ser atendida por um médico negro.

De acordo com o "Daily Post", Zena se declarou culpada, atenuando a sentença. A juíza Gwyn Jones condenou a jovem a 12 meses de supervisão judicial, 200 horas de trabalhos comunitários e ao pagamento de o equivalente a R$ 3.500, somando multa, indenização e custas do processo.

Matéria continua após a publicidade

A jovem foi encontrada, no dia 6, adormecida em um apartamento alvo de batida policial. Ao perceberem o ferimento nas costas, policiais decidiram levá-la a um hospital. Zena resistiu e cuspiu nos agentes da lei. Foi algemada. A polícia encontrou uma pequena quantidade de cocaína com a jovem.

No hospital, Zena gritou com o médico negro que tentava atendê-la:

"Você não pode limpar isso. Você é sujo!"

Matéria continua após a publicidade

Ainda não se descobriu como Zena foi esfaqueada.

O advogado de defesa negou que a cliente seja racista. Segundo ele, Zena apenas fez uma má escolha de palavras.

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos