Uma mulher de 22 anos fugiu da residência do ex-marido após ameaçar, morder o braço da vítima, de 36 anos, além de arranhar e dar tapas e chutes, de acordo com a polícia. O caso ocorreu nesta terça-feira (24), na região central de Anastácio. Há pouco, a suspeita foi presa e está prestando depoimento na delegacia do município.

Conforme o registro da ocorrência, ela estava acompanhada do pai, quando invadiu a residência na rua Coronel Ponce. De acordo com o relato do homem, disse que ela chegou alterada e dizendo que ele morreria caso tivesse outro relacionamento. A vítima alegou que na casa estava a mãe dele e um advogado, que presenciaram a cena. O casal viveu junto por cerca de seis anos.

Matéria continua após a publicidade

A vítima também alegou que teve de segurar a mulher, momento em que recebeu mordidas. Neste momento, o pai da jovem também entrou no local e tentou segurá-la, ainda conforme a investigação. Em seguida, ambos fugiram.

O advogado que estava no imóvel ligou para a Polícia Militar, e a vítima foi para a delegacia para o registro da ocorrência. O caso foi registrado como ameaça, lesão corporal dolosa e violação de domicílio.

Matéria continua após a publicidade

Dê sua opinião, comente esta matéria!

ATENÇÃO: Os comentários desta matéria são gerenciados pelo Facebook - que posta, agrega os comentários e os exibe nesta página. Este site não se responsabiliza por qualquer comentário indevido, feito à qualquer pessoa ou instituição - sendo cada comentário, de inteira responsabilidade dos seus respectivos autores e as denúncias deverão ser encaminhadas diretamente ao Facebook.

Já leu?

Leia nossos Artigos